Não acredito que vá fazer grandes diferenças, pois quem não pratica direção responsável, pouco se importa com leis ou pardais. Se tiver que avançar um sinal, o fará. Vale ressaltar que não são todos os sinais de trânsito que têm essa fiscalização. Ou seja, um motorista imprudente pode até parar em hum, mas em dezenas de outros não e ainda mais se for à noite ou madrugada.

 

Agora, vergonha é nós cidadãos pagarmos impostos diversos, nós motoristas pagarmos dudas e mais dudas – pois o que mais se paga ao DETRAN é taxa, até para assinar um papelzinho, paga! – e sermos obrigados a pagar mais manutenção devido às indecentes, pois este é o nome mais adequado, condições de tráfego nas ruas e vias expressas do Rio.

 

Vi monte de radares serem postos na Av. Brasil, nos últimos 3 meses, mas buraco que é bom, ninguém tapa! O mais ridículo são os buracos fundos, belos sulcos no asfalto, a menos de 10m dos “educativos” radares de velocidade. Coisa que também é grave. Afinal pela magnitude dos mesmos, também podem causar acidentes gravíssimos. Isso ninguém vê ou fala!

 

Sinceramente, sou uma pessoa que dirijo à noite, algumas vezes de madrugada ao sair e concordo com a lei. Não vejo nada de inconstitucional nisso não. Sabem por quê? Inconstitucional é eu viver num país onde a arrecadação pública por meio de impostos já foi noticiada com sendo das mais elevadas no planeta enquanto que a maior parte da população vive em situação de marginalidade social.

 

Inconstitucional é eu ter que pagar para ter acesso decente a tratamento de saúde. Inconstitucional é eu ter freqüentado instituições de ensino privado, porque meus pais colocaram por anos a fio a corda no pescoço para que eu tivesse acesso a uma educação com qualidade para ser hoje o que sou, chegar onde cheguei.

 

Inconstitucional é eu ir ao DETRAN e perder sempre um dia inteiro para resolver uma vistoria. Inconstitucional é o meu Governador ir de helicóptero da Lagoa à Laranjeiras, enquanto que sou obrigada a vir “quicando” entre milhões de “crateras lunares” espalhadas entre minha casa e meu trabalho.

 

E pior, ter que pagar DUDA, IPVA e o caramba a quatro na referida Instituição, que vive numa eterna desorganização. Você liga, ninguém sabe ninguém viu. Você se dirige ao posto Central e lá todo mundo sabe tudo. Pena que nenhuma das informações batem. Para que lado se vai? E o site… sem comentários.

 

Por tudo isso minha gente, sou a favor sim, do desligamento de pardais entre 22h e 6h, sim! Porque andar pelas ruas de madrugada com uma patrulha aqui outra lá em Deus me livre é dose para leão. Nem agulha passa! Pior mesmo é quando surge um motoqueiro atrás do carro. Aí é que são elas, porque o imaginário coletivo nos faz associar logo que pode ser um bandido já querendo algo seu. O que pode ser até mesmo sua vida!

 

Como querer cobrar educação, radar, multa (que se diga de passagem só serve mesmo para enriquecer os cofres públicos e nada gerar em troca) e blá blá blá, sem antes dar exemplo. E mais, sem transparência. Afinal cadê o Meu dinheiro? E o Seu dinheiro?! Pois é, essa resposta não é muito difícil, né?! Ninguém sabe e ninguém viu!

 

Tudo isso é uma grande vergonha, vertendo à piada. E de muito mau gosto!

Anúncios