Pessoas, vou fazer um protesto durante todo este mês, que foi manchado com o sangue de um menino inocente. Não vejo ninguém se mobilizar para fazer manifestações, passeatas na orla ou no Centro. Mas já se passam duas semanas que Matheus Rodrigues Carvalho foi morto com um tiro à queima roupa na Favela da Maré.

É uma afronta ver que só por não ser um filho de zonas nobres da Cidade, sua história tenha sido menos importante, tenha sido diminuida em relação ao que acontece com todas as outras. O caso é o mesmo, o descaso das autoridades do Estado e o caos gerado e alimentado por esse ingrediente.

Aqui fica a manifestação pela segunda semana de morte injusta e tão incomparável quanto todas as outras nesta situação. Manifesto pelo sentimento de perda que com certeza hoje, passados exatos 15 dias de falecimento do Matheus, a família dele amarga.

Naldinho Lourenço

Foto:Naldinho Lourenço

Apesar de não haver alardes noticiosos a cerca deste caso haverá uma manifestação em memória do Matheus neste sábado dia 20. O único lugar que até então fala sobre é o Portal Viva Favela. Cadê a grande mídia? Por que o caso Matheus não está no noticiário das 20h? Ou mesmo de 12h?! Mistérios!!!
Fonte: Viva Favela
Neste sábado, 20, às 9h, no Ciep Hélio Smith (passarela 10 da Av. Brasil) acontecerá o Ato pela vida, contra o extermínio. Organizado pela Plenária dos Movimentos Sociais do Rio de Janeiro, o encontro é para protestar contra a morte do menino Matheus Rodrigues, 8 anos, no último dia 4, na Baixa do Sapateiro, na Maré.
Anúncios