Há gosto para literalmente tudo nessa vida!

Se fosse vivo, essa era uma história em que Steve Irwin (caçador de crocodilos, que morreu ferroado por uma arraia) com certeza só poderia exclamar, CRIKEY! Sim, minha gente, pára tudo porque fiquei bege! Tudo bem que tem gosto para tudo e que o mundo é livre, mas tem cada coisa com que se depara mundo a fora. Cada coisa estranha, cada gosto, que num se tem explicações racionais.

Tudo bem, meninos, essa é para vocês que amam carros, adoram roncos possantes, super-máquinas devoradoras de asfalto em designs de cair o queixo. Eu também adoro carros, mas para certas coisas, só mesmo outro homo-sapiens para atender as necessidades. Afinal, vocês fariam sexo com o carro dos seus sonhos?! Eu prefiro meu namorado, mesmo com todas as divergências inerentes à convivência humana.

Acreditem vocês, que perambulando pela rede entre blogs e mais blogs de autos me deparei com a sinistra notícia. Americano faz sexo com carros e até helicópteros, amiguinhos. Pois é, pois é, pois éeee! Como dizia a chiquinha!

Só apelando para ícones extremos da expressão verbal para tentar explicar o nível de estupefação em que me encontro esta madrugada! Caramba, vamos amar a tudo e a todos, mas esse cara levou ao extremo da seriedade o lema paz, amor e união.

E o pior é que com as novas tecnologias de comunicação, o ser cinqüentenário expõe toda sua paixão – isso inclui beijos de língua, viu minha gente – pelo seu fusca branco, batizado, Vanilla (baunilha – quem o vê beijar a raridade acredita de fato que ele está diante de um sorvetão), nascidos lá pelos idos dos anos 60 ou 70. Me falha a memória.

Pois bem, Edward Smith, 58, utiliza-se do youtube para mostrar ao globo o quanto ele A-DO-RA sua Vanillha. Nos vídeos, ele aparece acarinhando constantemente sua baunilha da WW. Mas, como todo homem que se preze, namore ele carros ou seres com saias e outros detalhes, “Ed”, confessa já ter dado suas escapulidas. E que escapulida!

O camarada já traçou até um helicóptero, modelo Airwolf, no fim dos anos 80. E ele revela, com emoção que foi uma das melhores de sua vida. Resguardando claro, todo seu respeito, amor e carinho à oficial, à de fé, moça de família, Vanilla. Nem os carros estão livre! Por um helicóptero?! Será que Vanilla pensa: – O que ela tem que eu não tenho? Será o motor. Haja mecânica!!! E olha que a relação é antiga, desde 1982.

Bem rodado, Edward nunca introduziu a língua nem em uma boca feminina! Pois é até nas paixões mórbidas, um homem será sempre um homem, com os mesmos costumes – maus costumes – onde distinguem entre a moça casadoira e as para passar o tempo.

Edward encontra nesses vídeos outras pessoas que compartilham do mesmo gosto. E o interesse parece despontar na adolescência, ao menos com nosso protagonista foi aos 16. O restante das conclusões, tirem vocês mesmos. Por hoje, fico atonitamente por aqui!

Saiba mais:

http://www.webmotors.com.br/wmpublicador/yahooNoticiaConteudo.vxlpub?hnid=42042

Para ver os seis vídeos da série My car is my Lover, digite no youtube: Edward Smith+sexo com carros. E vc terá acesso a esta bela história de amor sobre 4 rodas. Boa leitura!!!

Anúncios