Astro falece aos 50 anos deixando a constelação pop menos brilhante

Ícone pop

Ícone pop

Ídolo, excêntrico, músico, dançarino, pai, Rei do Pop. Pedófilo, hipocondríaco, decadente. Alguns dos adjetivos atribuídos a uma das personalidades mais marcantes do último século. O grande astro da música Pop, Michael Jackson fez sua passagem deste mundo, no início da tarde de 25/06/2009. O motivo, em princípio, uma parada cardio-respiratória que o levou ao estado de coma, posteriormente ao falecimento.

Dono de uma voz inconfundível e um talento ímpar, de músicas sempre muito bem cuidadas e de clipes impecáveis e pioneiros que inspirou o mercado fonográfico desde os anos 80. Michael conquistou sucesso deixando infindas contribuições ao mundo da música em 39 anos de carreira.

Não há uma só música do cantor/compositor e produtor que não tenha caído no gosto do público, o que o tornou um dos principais ícones do mainstream musical. Mesmo em sua fase de menos sucesso a partir do final dos anos 90. No total, foram mais de 750 milhões de álbuns vendidos, sendo Thriller o disco de maior impacto na carreira do cantor, com aproximadamente 50 milhões de cópias nas mãos do público.

Até num momento de tristeza o astro é causador de comoções, tanto na mídia quanto na sociedade. Veículos de comunicação centralizam suas pautas no artista, bem como fãs que fizeram plantão na porta do hospital universitário de Los Angeles (EUA), onde o Michael foi atendido, além de muitos outros de nacionalidades diversas manifestando-se em uma página de relacionamentos associada ao Rei do Pop.

Carreira e vida pessoal de Michael Jackson

Rei do Pop deixa mundo físico...

Rei do Pop deixa mundo físico...

1958 – nasce em Gary, Indiana, aquele que se tornaria anos a frente o maior astro do pop mundial. Michael tinha origens humildes, com uma família de nove irmãos, onde pai era operário e tentava a carreira musical sem sucesso em paralelo. Assim, Joe Jackson, percebeu em seus filhos a chance que não tivera. Prosperar na música. Michael tinha apenas cinco anos quando começou a mostrar seu talento ao lado de seus irmãos Jackie, Tito, Marlon, Jermaine, no grupo Jackson`s Five.

1968 – é assinado o contrato com a gravadora Motown, conhecida por trabalhar com talentos da música negra da época, como Stevie Wonder. Assim os Jackson`s Five lançam o primeiro hit de sucesso I Want You Back.

1978 – Michael conhece o homem que mudaria tanto a vida do potencial astro quanto do cenário musical no mundo todo, o produtor Quincy Jones. As honras foram feitas durante a gravação de um musical que reproduzia com atores negros a estória do Mágico de Oz da Brodway.

1979 – Michael lança o primeiro álbum solo significativo em sua carreira paralela ao trabalho com os irmãos, o Off The Wall, que atinge a marca de 20 milhões de cópias.

1982 – o ano da virada para o astro. O ano de 82 entra para sua história com o estrondoso álbum Thriller. Uma espécie de vídeo-clipe com roteiro de filme, totalmente diferente do que era feito à época. Inclusive nas cifras. O clipe bateu a cota dos U$ 500 mil algo em torno de cinco vezes mais do que se costumava gastar para fazer um vídeo musical.

O que se mostrou ousado em termos de investimento financeiro, esbanjou irreverência com a aposta em efeitos especiais, caracterizações e técnica, o que confirma a plena aptidão para a coisa, de Michael Jackson. É também nesta ocasião que surge o famoso passo moonwalker, imitado até os dias atuais. O clipe mudou a forma de se trabalhar música em termos, digamos que, visuais. Uma das marcas registradas do cantor em sua carreira.

1985 – no auge de sua popularidade Jackson encabeça uma campanha humanitária em prol da população etíope. Nessa época, ele lança ao lado de diversos nomes de peso do cenário musical, como Tina Tuner e Lionel Ritchie o single We Are The World.

1987 – Bad o novo disco do Rei do Pop chega às prateleiras. Acompanhando o álbum, polêmicas. O visual do artista, que começou a mudar no início dos anos 80, agora fica mais evidente. O nariz já não é o mesmo, assim como o cabelo e até mesmo a cor da pele. Esta justificada oficialmente pelo problema de saúde que acometia Michael, o vitiligo.

1988 – compra do Rancho Neverland (em alusão ao personagem de desenho animado Peter Pan). Infância “roubada” pela fama precoce? Ou apenas simpatia pelo carismático personagem que não queria crescer?

1993 – mais polêmica a cerca da vida pessoal do cantor. Dessa vez ele é acusado de pedofilia e resolve a questão fora dos tribunais em cifras milionárias à família acusadora. Verdade ou não, isso custou ao popstar U$20 milhões. Mas vida que segue.

1994 – Jackson se casa com a herdeira de ninguém menos que Elvis Presley, Lisa Marie Presley.

1995 – History. Álbum duplo em que o astro pop canta o single Scream com sua irmã Janet Jackson, além de ter a função de revival da carreira do cantor. Foi um disco em comemoração a mesma. Apesar de menos expressivo em vendas, o álbum atingiu 15 milhões de cópias.

1996 – o músico inicia seu segundo casamento, que dão origem aos dois primeiros filhos dele.

2001 – nasce o terceiro filho do cantor, com o qual ele protagonizou a cena que chocou o mundo. Sacodiu a criança em seus braços para fora da janela de um hotel, causando mais polêmica a seu respeito. É também ano de lançamento do álbum Invincible, que para variar torna-se campeão de vendas. Mais um para conta do Rei do Pop. Decadente ou não, ele continua fazendo o que sempre fez de melhor, produzir discos com vendas na casa do milhão. Desta vez, foram 2,1 milhões de cópias.

2003 – novamente o astro se envolve em acusações de pedofilia. Desta vez com sua própria contribuição, ao dar infelizes declarações a respeito de dormir ao lado de crianças que visitem o seu rancho e parque de diversão Neverland. E o astro pagou e alto pela língua inconseqüente. Nessa “brincadeira” foram-se três milhões de fiança, além de mais um arranhão em sua imagem por ter sido preso e algemado publicamente. Na justiça, havia ainda nove acusações contra o Rei do Pop além do suposto caso pedofilia, que ele mesmo alimentou com a declaração um tanto quanto estranha.

2005 – novo problema na justiça. Michael novamente é acusado de pedofilia. No entanto, após cinco meses de luta ele é absolvido em um julgamento digno de um astro como tal. Amplamente noticiado e registrado pela imprensa, este episódio confere mais uma polêmica negativa na vida e carreira do cantor.

2008 – mais um revival na vida do cantor. Ele ressuscita seu hit de maior sucesso Thriller, em um box comemorativo

para virar lenda.

para virar lenda.

por seus 25 anos. A “caixa” trazia faixas originais, uma nova música de trabalho, “For All Times”, além de um DVD de clipes e Cd remix.

2009 – Michael Jackson morre deixando fãs britânicos com água na boca, já que estava tudo preparado, inclusive ingressos vendidos para a série de shows chamada This Is it . Jackson não fazia nada parecido desde 1997, quando encerrou a turnê de divulgação do disco History. Foram vendidos para os 50 shows previstos mais de 360 mil ingressos, contando ainda de fila de espera internacional.

Pois é, Michael Jackson realmente não era pouca coisa e partiu para ser eternizado nas mentes e corações de ávidos fãs. Mesmo daqueles que não sejam fãs, como pareceu ser o caso de um apresentador da MTV. O qual passou boa parte de seu programa repetindo copiosamente, “Mixael Jackson”, de forma um tanto quanto sarcástica, aproximando e afastando da câmera um disco de um artista também negro, que não visualizei bem o nome. Enfim, amem ou adorem, ele fez história. Ah sim, isso ele fez! Vá em paz Michael!

Fontes:

[site oficial com mensagem especial] http://www.michaeljackson.com/

http://mtv.uol.com.br/michaeljackson/biografia

http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993,EPT980861-1655-3,00.html

http://www.nytimes.com/2009/06/26/arts/music/26jackson.html?_r=1&hp

http://www.nbcchicago.com/news/us_world/TMZ-Report-Michael-Jackson.html

http://www.google.com.br/search?hl=pt-BR&q=thriller+michael+jackson&btnG=Pesquisar&meta=

http://www.estadao.com.br/noticias/geral,a-trajetoria-musical-de-michael-jackson,393202,0.htm

http://g1.globo.com/Sites/Especiais/Noticias/0,,MUL706393-15914,00.html

http://www.abril.com.br/noticia/diversao/no_269785.shtml

http://www.youtube.com/user/michaeljackson?blend=1&ob=4

Anúncios