Segundo Call Center produto para pele extra-seca deve ser evitado por pessoas com rinite alérgica

Hidratante par Pele Extra-Seca

Hidratante par Pele Extra-Seca

Caríssimos amigos é com pesar e indignação que venho contar-lhes um fato desagradável que vivenciei. Desde a adolescência sou adepta ao uso de hidratantes para pele e recentemente venho comprando esse produto da marca Nivea. Ao chegar ao mercado, não encontrei o tipo que costumo usar e confiante na qualidade da marca adquiri o Nivea Body – Milk Cuidado Intensivo Pele Extra-Seca.

O problema começou quando fui hidratar a minha pele. Espirros ininterruptos, olhos, nariz e garganta coçando. Era o fim do encanto. O Nivea Body – Milk Cuidado Intensivo Pele Extra-Seca havia provocado uma crise de rinite alérgica.

Rapidamente tomei banho para tirar o produto da pele e em seguida tomei anti-alérgico para cortar a crise. Atitude de prache numa situação dessas. Imaginei, ligo para o SAC da Nivea, explico e acredito que não sairei no prejuízo, alguma solução me darão. Afinal, estou com a embalagem praticamente cheia, visto que mal passei uma única vez.

Ledo engano. Liguei para a Nivea o retorno que tive é que o problema era meu. Como eu tenho rinite alérgica, tenho obrigação de saber que aquele produto iria me fazer mal. Eu deveria ter sentido a fragrância no mercado. Pior é que isso eu fiz e nada aconteceu.

Resposta perversa, pois reverte a premissa do direito do consumidor, que é o direito de ser informado claramente sobre o produto. Se, conforme explicou a atendente, pessoas alérgicas devem evitar o produto, por que isso não é informado na embalagem? Deveria estar lá, não? E por que não está? E por que a Nivea se fez tão omissa na solução do problema.

Eu não queria muito, apenas não queria ficar no prejuízo, ou seja, com um produto que não me serve cheio e sem poder trocá-lo no mercado. Só queria trocar o produto, mais nada. Porém, o que ouvi é: – não podemos fazer nada pela senhora. Agora é consumidor que tem de adivinhar quando um produto é contra-indicado para ele? Nunca tive problema com óleo de amêndoa e muito menos com hidratantes, tão pouco dos da Nivea. Como eu poderia adivinhar?! Difícil não?!

Infelizmente, a gente acredita, confia nas empresas para isso, para ouvir que eles não podem fazer nada pela gente. Grande custo para eles, trocarem o produto que me fez mal, por um que costumo usar e não me traz problemas. Parece que é melhor eu estar aqui, contando essa vergonha para vocês, do que admitir uma falha. O que posso dizer então? Lamento, mas também não posso fazer nada. Falo mesmo e peço que repassem a história a fim de evitar que casos assim aconteçam novamente.

Tentei contato online e após ler que eu deveria seguir o que dizem os médicos para não usar produtos com fragrância ou quase sem alguma tive o atendimento interrompido abruptamente. Sim, a atendente desligou na minha cara. É assim amigos que a Nivea se relaciona com seus clientes. Nivea Nunca Mais!

Vejam a grosseria:

Atendimento online interrompido grosseiramente

Clique para ampliar. Atendimento online interrompido grosseiramente

Anúncios