SocioEconômico e etc


 Conheça todo o processo desde a retirada dos resíduos nos domicílios cariocas 

Lixo: um problema real e de todos!

Já parou para pensar, ou imaginar um segundo sequer, para onde vão todos os resíduos decorrentes consumo diário da população no Rio de Janeiro? Pois bem, é um processo longo e cheio de detalhes, aquele que dá fim a tudo que se produz e consome numa cidade. Tudo começa de forma bem agradável em lojas, supermercados, barraquinhas na feira e termina de forma bem complexa com o descarte em áreas específicas para isso.

(mais…)

Anúncios

Pesquisa de vagas na Internet sugere um Rio de Janeiro retraído nessa profissão

 Jornalista. Ser ou Não Ser? Parafraseando Shakespeare na famosa tragédia Hamlet, parece um bom caminho para começar a falar a respeito do suposto quarto poder. Pesquisei durante a primeira quinzena de outubro, site com vagas na área comunicação e jornalismo e o resultado apontou certa timidez no mercado de trabalho no Rio de Janeiro. Enquanto que na cidade da garoa, a tradição parece não pecar, mesmo em oportunidades de trabalho. Anda chovendo bastante por lá. 

(mais…)

E que ela esteja livre da hipocrisia!

E que ela esteja livre da hipocrisia!

Nem Afrodite é bela nos padrões atuais!

Brasil mostra tua cara! Já bradava Cazuza no fim dos anos 80. Sim, mostra tua cara, pois mesmo que digam que o Brasil é um país livre de preconceitos, este não o é. Preconceito de se você é gordo demais, magro demais, baixo ou alto demais, negro ou muito branco, cabelo crespo. Enfim… Sim existe muito preconceito, ainda mais em tempos de celebridades instantâneas, onde seus corpos são vendidos como perfeitos e logo desejado por homens e mulheres.

Mas até então qual o problema em malhar para manter a forma e saúde?! Desde que cada um aceite sua genética, aceite seu biótipo, que nem sempre será igual ao de A, B ou C que aparece na telinha. Então, o que me move hoje, a escrever sobre beleza, ou melhor padrões de beleza impostos pela sociedade é a forma como isso se torna um preconceito sutil no em searas do mercado de trabalho.

Bom, tudo começou quando eu desempregada como estou resolvi pedir a uma amiga que me indicasse para fazer o BICO que ela conseguiu por indicação de uma amiga dela. Deu para entender, não?! Pois bem, enquanto não rola nada na área (jornalismo) para mim, pensei por que não tentar recepção e atendimento de eventos. Do tipo, congressos, conferências, seminários e etc. Que exatamente o que minha amiga está fazendo. Ganha um trocado razoável, ao menos a minha querida amiga sempre recebe em torno de R$100, por dia. Salva minha pátria, né!

(mais…)

Não sei o que houve aqui exatamente, mas aqui havia fotos dos produtos. O Problema é que as imagens foram recebidas num desses e-mails piada que recebi. De todas algumas: ou deu erro no link, pois eles foram quebrados, como vejo na admin. do Blog, ou então tem algum boboca querendo me sacanear.

Como não posso precisar com certeza o que aconteceu, vou manter o post, porque deu trabalho montá-lo. E pensano na segunda hipótese, se tem algum babaca de sacanagem – perdõem a expressão – vai se ferrar, porque não vou tirar, já divulguei e não volto atrás. Quem quiser ver as imagens, deixe o e-mail que eu encaminho a msg que recebi. Vale à pena, muito divertido.

Peço desculpa aos meu leitores pela falha. Obrigada!!!

Sabia que Mentira se come?! E que você como várias delas ao longo da vida!

Foi dada a largada! Abri a fábrica de salsicha e pronto! Como diriam os dinossauros do jornalismo. Bem, Em um momento de ebulição de idéias nasce o novo Post. O título é parafraseado do e-mail que recebi. Sim, este é um desses e-mails funnies que chegam às nossas caixas e que achei realmente valia à pena virar um artigo para o blog.

Com o respeito a que algumas imagens com certeza sofreram tratamento para ficarem mais interessantes ao objetivo do e-mail, fica a graça. Tirando os exageros, tem seu fundo de verdade. Quanta coisa compramos pela imagem. Vemos um príncipe no cavalo branco e descobrimos um sapo, no fim das contas.

Bem, Mentiras Que Comemos trata-se de uma série de fotos de produtos que compramos e comemos, diariamente, e na verdade se encaixam melhor como milagres da publicidade e da programação visual. Eu mesma já fui vítima de um desses milagres visuais. Comprei nuggets de queijo, que na verdade eram de frango e vento. Fazer o quê, né?! Comi o troço que veio em embalagem errada! Esperteza? Desconhecimento?! Sabe lá! Deliciem, então as Mentiras Que Comemos!!!

Rocambole Pullman

(mais…)

 

 Produtos de beleza, estudos, roupas, cabeleireiro… quanto custa mesmo?!

   

Mulheres Maravilhas

Mulheres Maravilhas

Pessoas do Blogueando, estive divagando a cerca do universo feminino, peguei-me pensando em… quanto custa ser mulher?! Caro, muito caro! Tudo começa com a cobrança que sofremos para sermos bonitas, inteligentes, vaidosas, responsáveis no lar e profissão. Versáteis. A cobrança é tamanha, mas ao mesmo tempo tão comum, que nós mesmas absorvemos no decorrer de nossas vidas. Um desespero total para manter-se “olhável”.  (mais…)

Empresa retrata-se e realiza a troca de produto causador de alergia

 

Pessoas queridas do Blogueando, tenho andado meio ocupada e por isso o meu “bloguim” ficou com algum atraso. Antes de tudo, peço desculpa aos meus seguidores. As é que com esse mundo frenético nem sempre é possível. Mas a gente tenta. Então vamos lá.

 

Lembram do meu quiprocó com a Nívea? Resumindo, comprei um hidratante para pele extra-seca, pois era o único da marca – a qual uso sempre, mas de outra linha – disponível no mercado em que fui. Usei uma vez para nunca mais. Desencadeou em mim uma crise de rinite terrível. Tive que entrar no chuveiro e tomar antialérgico, para resolver.

  (mais…)

Terceira menor República do mundo também tem seu domínio no site de buscas

O que é o mundo globalizado?! Ao tentar acessar o google.com.br sem querer digitei .com.NR e abriu diante de meus olhos, um tal de google Nauru. O reflexo imediato que minha mente teve foi recordar e associar a palavra ao sapato Nauru, muito popular em meados dos anos 90. Mas embarcando na curiosidade, descobri que se trata da página de buscas da terceira menor nação do mundo.

 

Nauru Visão Aéria

Nauru Visão Aéria

(mais…)

Próxima Página »