Comportamento Animal

Atenção total!

Atenção Total!


Nome completo: Raquel Hama/ Paulo Carreiro

Idade: 32/ 32

Cargo que exerce na Dogwalker: Proprietários

Trabalho com comportamento animal há: 8 anos

O que é a Dogwalker?!

A Dogwalker é uma empresa especializada em comportamento e adestramento animal. Inclui em suas atividades passeios com os cães em reabilitação ou não, além dos serviços de creche e hotel.

C.A.  – Do que se trata, exatamente, quando se fala em cuidar do comportamento animal? Qual a diferença do adestramento?


Dogwalker –
Hoje em dia é comum os cães apresentarem algum distúrbio de comportamento por viverem fora do seu habitat natural e serem tratados como membros humanos de uma família. O ideal é contratar um profissional logo que o cão chega em casa para evitar que ele desenvolva problemas comportamentais por não ser compreendido. No adestramento, o cão aprenderá alguns comandos de obediência que serão utilizados para reforçar a liderança das pessoas que convivem com o cão. É necessário, contudo, que todos participem da aula.

C.A. – Quais os piores casos de se tratar?

Dogwalker – É muito frequente pessoas adquirirem um cão quando se sentem sós e deprimidas para lhes fazer companhia. Porém, cria-se um elo de afeto tão forte com este animal, que poderá gerar uma dependência mútua. O resultado dessa relação chama-se ansiedade de separação, distúrbio de comportamento que pode levar o cão a sofrer sérios danos em sua saúde mental e física. Nesses casos, as mudanças devem valer tanto para o cão, como para seu proprietário e precisam acontecer paralelamente.

C.A. – Quais os mais recorrentes que chegam a vocês?!

Bagunça boa, porém organizada!

Bagunça boa, porém organizada!

Dogwalker – Cães que não foram socializados quando filhotes e apresentam medo extremo a todos os estímulos quenão fazem parte da sua rotina. Estes cães precisam ser apresentados ao mundo de forma tranquila e segura, com bastante reforço positivo. Normalmente é um trabalho bastante demorado e exige bastante paciência.

C.A. – Quanto custa em média um tratamento comportamental de cachorros?!

Dogwalker – Num primeiro momento é cobrado a consulta comportamental que custa R$ 150,00. Na consulta, identificamos o que precisará ser trabalhado no cão. E como suporte, oferecemos o serviço de creche e passeio, com bastante estímulo positivo, contato com outros cães, pessoas e com a natureza. Aos poucos esse cão vai adquirindo confiança em si e no meio em que foi exposto, até o ponto de interagir com ele.

C.A. – E quando o caso é sobre agressividade?

Dogwalker – Este distúrbio também está relacionado à falta de sociabilização e de limites quando filhote. Existem casos, que apenas um veterinário com especialização em comportamento animal, poderá interceder, já que exames e medicamentos deverão fazer parte do tratamento. Primeiramente, o proprietário deve se conscientizar que colaborou para o quadro agressivo do seu cão e deverá junto ao profissional, rever tudo o que feito desde o momento que o cão chegou em sua casa. Com isso, a rotina do cão deverá ser reavaliada. Muitas vezes, cães considerados agressivos acabam sendo doados e até sacrificados.

Correr livre faz bem e é necessário

Correr livre faz bem e é necessário

C.A. – Esses “remédios” de flora terapia são válidos? Funcionam, mesmo?!

Dogwalker – É interessante que o proprietário contrate um veterinário que use florais a algum tempo e que tenha conhecimento em comportamento animal. Os animais respondem bem a esse tipo de tratamento, pois não existe o fator psicológico que impede o seu sucesso.

C.A. – É possível o dono realizar em casa ações simples para tratamento comportamental com dicas, sejam aquelas obtidas na internet ou até mesmo assistindo ao programa do Encantador de Cães?! Mesmo sendo advertido a não fazer sem orientação?

Dogwalker – O melhor é contratar um profissional que fará uma avaliação no cão antes de se iniciar um ‘tratamento caseiro’. O que é transmitido pela televisão ou na internet nunca será exatamente o caso do seu cão e todas as pessoas que convivem com o cão deverão participar da consulta e do tratamento.

C.A. – O dono do animal pode provocar ou incitar maus comportamentos em seus animais. Quais os principais erros e que tipo de atitude deve-se evitar para que o cão não se torne o líder da casa?!

Dogwalker – No momento que o cão ainda filhote cruza a porta da casa, as pessoas instintivamente sem perceber já estão ensinando muita coisa errada. Alguns exemplos básicos: dar atenção quando o pequenino pula (quando adulto terá aprendido que o correto é recepcionar as pessoas dessa forma), permiti-lo latir e rosnar para ganhar um brinquedo, deixá-lo proteger sua comida, subir em camas e sofás, etc. Uma dica é recompensá-lo cada vez que ele apresentar um comportamento correto e puni-lo com postura e voz firme quando o comportamento for inadequado, evitando que ele se torne o líder da casa.

Brincar faz parte da reeducação

Brincar faz parte da reeducação

C.A. – Como é o trabalho feito pela Dogwalker?


Dogwalker – Prezamos a liberdade, pois acreditamos que desta forma, muitos problemas de comportamento podem ser evitados. Mas para isso, precisamos absorver a linguagem que eles se comunicam e desenvolver uma linguagem corporal, como se pertencessemos a matilha deles. Assim fica mais fácil para eles entenderem quem é o líder, tornando assim o ambiente bem equilibrado.

C.A. – Quais os serviços oferecidos por vocês?

Dogwalker – Oferecemos o serviço de passeio, creche, hotel, adestramento e consulta comportamental.

C.A. – De onde surgiu a idéia de criar uma empresa especializada em comportamento animal?!

Dogwalker – Não formulamos a idéia, as necessidades criaram esse mercado. A Dogwalker oferece serviços que procuram atender as reais necessidades para nossos amigos cães, através de atividades que estimulam a sociabilização, educação e outras voltadas ao bem-estar e integração animal.

Com liderança e paciência você terá anjos de quatro patas

Com liderança e paciência você terá anjos de quatro patas

Para falar com a Dogwalker, entre em contato das seguintes formas:

E-mail: dog@dogwalker.com.br
Telefone:55 11 5094-0541


Anúncios

Uma resposta to “Papo fino”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s