Porque ser solteira hoje em dia, é muito difícil!

Olá, gente, quanto tempo não dou as caras por aqui. Mas finalmente encontrei uma inspiração que mover a abrir a boca melhor mexer os dedos. – Rs – Então, meu povo, seguinte, faz cerca de um ano e pouco que estou solteira, depois de longos anos a fio de um namoro. Relação a qual nasceu láaaaa no final da minha adolescência e findou já na meia idade adulta, meus 26.

Pois bem, passado esse um ano e alguns quebrados, vivenciei diversas experiências desse mundo dos solteiros, coisa que a maioria dos jovens costumam experimentar aos 20, vinte e pouquinhos, tive o prazer e até alguns desprazeres de saborear aos 26. Porém, uma coisa me intriga e me deixa questionadora e creio eu que a maioria das mulheres também pensem ao menos por algumas horas de suas semanas no tema. Por que é tão difícil arrumar um namorado, nos dias atuais?!

A partir daí, levantam-se muitas questões e divagações. Como por exemplo, o que eu tenho que fazer pra chamar atenção não superficial de um cara legal? Ou ainda, por que raios várias pessoas dizem que estou sozinha porque quero, pois uma mulher bonita inteligente e etc. só fica sozinha porque quer. Ahhhhhhh, que isso me revolta!!! Rrrrrr Não! O mercado é que está escasso!!! Não é mulherada?!

Não é que a gente não queira, é que muitas vezes os que surgem e te atraem, de todas afirme-se, ou tem defeito (comprometido, enrolado, casado e afins), ou, os que topam algo bacana com você, não é teu número, não faz sua cabeça. O que levanta mais uma questão, por que cargas d`água eu só “gosto de quem não gosta de mim”? Como já cantava Renato Russo. Enfim, é como costumo dizer, muitos dizem que “tá casado”, mas não capado, que não estão mortos. Mas de que adianta afirmar macheza, se no campo dos solteiros, eles são todos bancos de reserva? Hein?!

O pior é que esses são os que mais aparecem! Aff!

Gente, é uma dificuldade. Todo esse tempo e ainda não encontrei alguém que pudesse ficar comigo, tranquilamente, que pudesse oferecer atenção, carinho e tivesse o principal, né meninas, liberdade de tempo. Ou seja, alguém que possa atender seu telefone sem problemas qualquer dia da semana, ou possa te ligar. Alguém que possa caminhar no calçadão na manhã de domingo, sair no meio da semana pra dançar um funkão louco, sem sustos ou armações.

Desses assim, só nos resta fugir, até como forma de defesa. Afinal, mulher é bicho besta, diz: – não vou apegar, não vou apegar… Pronto, se apegou! “Oh, bicho besta”! Parafraseando um forrozinho gostoso. E, os que se interessam, acabam coitados, vivendo o dilema Legião Urbana supracitado. Fazer o quê, com uma manga azeda dessas… chupar e depois dormir com um barulho desses. É o que resta!

Anúncios

Flamengo corre atrás e leva a boa em cima do Grêmio!

Maracanã rubro negro com 83 mil flamenguistas

Impressionante! É a única palavra que vem à cabeça ao se assistir a uma final do Flamengo. A cada chute a gol sem sucesso o coração sobe a boa, e a euforia explode em um palavrão gritado. Pu… Confesso que não sou de acompanhar os campeonatos nem dou muita atenção aos noticiários sobre o assunto. Mas paro, a cada final do Mengão.  (mais…)

Pesquisa de vagas na Internet sugere um Rio de Janeiro retraído nessa profissão

 Jornalista. Ser ou Não Ser? Parafraseando Shakespeare na famosa tragédia Hamlet, parece um bom caminho para começar a falar a respeito do suposto quarto poder. Pesquisei durante a primeira quinzena de outubro, site com vagas na área comunicação e jornalismo e o resultado apontou certa timidez no mercado de trabalho no Rio de Janeiro. Enquanto que na cidade da garoa, a tradição parece não pecar, mesmo em oportunidades de trabalho. Anda chovendo bastante por lá. 

(mais…)

Projeto Usina de Cidadania sensibiliza jovens dos arredores da Maré e Manguinhos

Usina de Cidadania

Usina de Cidadania

Educar fazendo arte. Essa é a linha de trabalho do Projeto Social Usina de Cidadania da Refinaria de Petróleo de Manguinhos, na Zona Norte do Rio. Situado nas instalações do antigo clube de funcionários da indústria, o Usina de Cidadania consegue fazer valer a lei da educação ambiental, que prevê a junção da educação formal com tema ambiental. E isto, em seu mais amplo sentido, a transversalidade.

(mais…)

Agressividade, fobia, ansiedade e hiperatividade já não são exclusivos do homem

Melhor amigo do Homem

Melhor amigo do Homem

Já se foi o tempo em que distúrbios comportamentais eram problema do bicho homem. Agora, até animais sofrem comessas doenças da modernidade. Como é o caso dos cães. Os casos variam de medos extremos, ou seja animais fóbicos, ansiedade e até a agressividade. Problemas estes, que podem requerer tratamento com medicações, como acontece com a espécie humana.

Muitas vezes, o próprio dono é quem empurra o seu animal para esse abismo. Mas há solução, como afirmam os donos da empresa paulista – especialista em comportamento e treinamento de cachorros – Dogwalker, Raquel Hama e Paulo Carreiro, 32 (ambos). Há oito anos nesse mercado.

(mais…)

Não sei o que houve aqui exatamente, mas aqui havia fotos dos produtos. O Problema é que as imagens foram recebidas num desses e-mails piada que recebi. De todas algumas: ou deu erro no link, pois eles foram quebrados, como vejo na admin. do Blog, ou então tem algum boboca querendo me sacanear.

Como não posso precisar com certeza o que aconteceu, vou manter o post, porque deu trabalho montá-lo. E pensano na segunda hipótese, se tem algum babaca de sacanagem – perdõem a expressão – vai se ferrar, porque não vou tirar, já divulguei e não volto atrás. Quem quiser ver as imagens, deixe o e-mail que eu encaminho a msg que recebi. Vale à pena, muito divertido.

Peço desculpa aos meu leitores pela falha. Obrigada!!!

Sabia que Mentira se come?! E que você como várias delas ao longo da vida!

Foi dada a largada! Abri a fábrica de salsicha e pronto! Como diriam os dinossauros do jornalismo. Bem, Em um momento de ebulição de idéias nasce o novo Post. O título é parafraseado do e-mail que recebi. Sim, este é um desses e-mails funnies que chegam às nossas caixas e que achei realmente valia à pena virar um artigo para o blog.

Com o respeito a que algumas imagens com certeza sofreram tratamento para ficarem mais interessantes ao objetivo do e-mail, fica a graça. Tirando os exageros, tem seu fundo de verdade. Quanta coisa compramos pela imagem. Vemos um príncipe no cavalo branco e descobrimos um sapo, no fim das contas.

Bem, Mentiras Que Comemos trata-se de uma série de fotos de produtos que compramos e comemos, diariamente, e na verdade se encaixam melhor como milagres da publicidade e da programação visual. Eu mesma já fui vítima de um desses milagres visuais. Comprei nuggets de queijo, que na verdade eram de frango e vento. Fazer o quê, né?! Comi o troço que veio em embalagem errada! Esperteza? Desconhecimento?! Sabe lá! Deliciem, então as Mentiras Que Comemos!!!

Rocambole Pullman

(mais…)

 

 Produtos de beleza, estudos, roupas, cabeleireiro… quanto custa mesmo?!

   

Mulheres Maravilhas

Mulheres Maravilhas

Pessoas do Blogueando, estive divagando a cerca do universo feminino, peguei-me pensando em… quanto custa ser mulher?! Caro, muito caro! Tudo começa com a cobrança que sofremos para sermos bonitas, inteligentes, vaidosas, responsáveis no lar e profissão. Versáteis. A cobrança é tamanha, mas ao mesmo tempo tão comum, que nós mesmas absorvemos no decorrer de nossas vidas. Um desespero total para manter-se “olhável”.  (mais…)